Tenho rinite. O que fazer?

Você já percebeu como quase todo mundo tem um familiar ou amigo que sofre de rinite? A doença é caracterizada pela inflamação das mucosas nasais devido a, na maioria dos casos, agentes alérgicos. Normalmente, a rinite dura até 10 dias ou, em outras circunstâncias, se estende por meses. 

A Organização Mundial da Alergia estima que 30% a 40% da população mundial convive com a rinite alérgica. A propósito, o tempo seco do inverno pode gerar uma alta no número dos casos, principalmente entre crianças e adolescentes.

Neste artigo, você vai entender o que é rinite, como evitar a sua piora e quais os tratamentos. Confira!

O que é rinite e quais os sintomas?

A inflamação da mucosa do nariz pode ser de três tipos:

  • Alérgica

A rinite alérgica é o que leva as pessoas a acreditarem que estão com a ‘rinite atacada’. Ela pode durar em torno de 4 a 30 dias sendo que, ao passar de 5 dias, é altamente recomendado buscar atendimento com um otorrinolaringologista. Normalmente, o indivíduo tem predisposição genética à rinite e então alguns fatores ambientais desencadeiam a doença.

Baixa umidade, que torna a mucosa nasal vulnerável às infecções, é um deles. Além de cheiros fortes e ácaros presentes em casacos guardados há muito tempo — o que é comum no nosso país, onde quase nunca se usa agasalhos e, por isso, permanecem armazenados em locais fechados. 

Os principais sintomas são: secreção no nariz, espirros, coceira e congestão nasal.

  • Aguda

É uma inflamação que dura de 7 a 10 dias e é chamada também de rinite infecciosa, resfriado comum ou gripe. No geral, esse tipo de rinite tem cura espontânea, ou seja, não é necessário o uso de medicações. 

Os seus sintomas são semelhantes aos da rinite alérgica e são autolimitados, resolvem sozinhos. Vale a pena lembrar que para evitar quadros de rinite aguda, é necessário tomar a vacina contra a gripe anualmente.

  • Crônica

Também chamada de rinite não-alérgica, são os espirros crônicos, cujos episódios ultrapassam 3 meses, acompanhados também de corrimento no nariz e congestão nasal. Geralmente, ocorre quando não há controle dos fatores ambientais, o que é bastante arriscado, principalmente quando vem de uma rinite aguda em um paciente pediátrico.

A rinite crônica, em crianças, pode prejudicar o crescimento facial, a postura da língua, o fechamento da boca e a capacidade de engolir — além de gerar mau hálito, aumentar a suscetibilidade aos roncos e à falta de ar. 

Como evitar que a rinite piore?

Quem já está com rinite ou tem o tipo crônico, pode se beneficiar ao seguir algumas práticas que evitam agravos, como:

  • Lavar o nariz duas vezes por dia, com o auxílio de um spray ou de uma seringa de farmácia de 20 ml;
  • Utilizar capas impermeáveis a ácaros no colchão e nos travesseiros;
  • Substituir vassouras por aspiradores com filtro e espanadores por panos úmidos, para remover o pó do chão e dos móveis;
  • Usar máscaras ao tirar o pó de livros e aparelhos eletrônicos, nos quais não se pode utilizar um pano úmido;
  • Evitar decorar os cômodos com cortinas e carpetes, que acumulam poeira e ácaro, e tentar deixar os ambientes arejados e expostos ao sol na maior parte do dia;
  • Trocar as roupas de cama e as capas do sofá pelo menos uma vez por semana;
  • Deixar os animais de estimação apenas no chão, evitando deitá-los na cama ou no sofá.

Quais são as opções de tratamento?

A primeira linha de tratamento para a rinite alérgica é descobrir a causa da alergia e afastá-la. Assim, recomenda-se limpar a casa constantemente para evitar o acúmulo de poeira e evitar contato com animais, produtos de limpeza com o cheiro forte e cigarro.

Em segundo lugar, o paciente deve incorporar o hábito de lavar o nariz com soro 0,9% regularmente. Por fim, o otorrinolaringologista pode prescrever descongestionantes nasais apropriados, antialérgicos e demais medicamentos.

Dessa forma, a rinite é um problema bastante comum e, em algum momento da vida, você vai ter ou vai ajudar alguém que tenha. Siga as recomendações que, comprovadamente, previnem a doença e busque um especialista caso o problema se agrave.
Precisando de tratamento para rinite? Encontre o seu otorrinolaringologista em uma das unidades da Oto Grupo!

0 0 voto
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários